Esteja sempre com Deus em seu coração!

Esteja sempre com Deus em seu  coração!

AMADA MARIA

VAMOS EMANAR LUZ E AMOR A GAIA!!

Imaginem que sozinhos somos uma força que cria e emana luz,mas se somos muitos essa emanação é muito maior! Vamos praticar a Unidade em busca de um Planeta melhor e mandarmos não só uma vibração, mas muitas para Gaia! Junte-se a nós! Para isso ,basta somente entrar no blog como seguidor ou se, você já tem uma conta google ou open id . É somente marcarmos a presença no quadro abaixo ,para sabermos as pessoas que estão emanando luz ,e a quantidade emanada!Siga alguns passos que estaremos disponibilizando abaixo. Mãos unidas e começar a trabalhar. Participe faça um pouquinho pela nossa Gaia e você não imagina o quanto estará fazendo de bem para nosso planeta e para vocês mesmos! jjklj.gif (14146 bytes) AJUDE-NOS A LIMPAR A ATMOSFERA TERRESTRE. Se você enviou amor para Gaia hoje e está ajudando na limpeza da Atmosfera Terrestre, se apresente no Mural abaixo querido irmão/a. OBRIGADO!! :) MÉTODO DE ENVIO DE GAIA AMOR MÉTODO UTILIZADO PELO GRUPO-CÍRCULOS Alexiis NOTA - Vemos, irmãos, a ação a ser tomada com toda a força necessária, diariamente, não importa o tempo agora, porque fechamos os olhos e entramos no mundo da imaginação, um lugar onde não há tempo dimensional, e pode ser mais real do que o físico bem conhecido ... Nós encaramos todos os envolvidos juntos em um círculo, unindo as nossas energias de Luz e Amor do 12 em um, como uma consciência de grupo de nós mesmos e nossos eus superiores,-que já estamos cientes deste cada unidade de energia-este Luz unificada e Amor ... a inalar ... exalar e do nosso coração ... com vista no centro de Gaia ... com esta unificada coração Um sopro ... e depois ... também, uma forma mais dirigida à consciência da humanidade, com a mesma intenção, e, portanto, repetido seis respirações coração de Gaia, e outro seis respirações expandiu-se para a consciência da humanidade. E depois entramos numa meditação livre ... onde todos nós estamos na Nova Terra que já está criado ... vivendo com alegria absoluta que sabemos sobre o nosso grupo, todos os grupos, e toda a humanidade que vibra neste estado de consciência existe lá ... Esta é a base para todas as atividades também na unidade total, é no grupo que é cada um / a, nós visualizamos todos os grupos dentro de um círculo maior ou esfera em equilíbrio total, onde somos um com a mesma intenção de ajudar Gaia e toda a humanidade. CERIMÔNIA dia fazendo - disse, sentindo e sendo o folowing ... 1 .- I, da guarda / na do pilar da minha própria luz, ativo, neste lugar na Terra, a energia da luz, o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 2 .- I, da guarda / na coluna de meu amor próprio, ativo, neste lugar na Terra, a energia do amor, pois o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 3 .- I, da guarda / na do pilar da minha própria unidade, ativo, neste lugar na Terra, a energia da unidade para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 4 .- I, da guarda / na do pilar da minha própria liberdade, a atividade desta parte da Terra, a energia da liberdade, para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 5 .- I, da guarda / na do pilar da minha própria sabedoria, ativo, neste lugar na Terra, a energia da sabedoria, para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 6 .- I, da guarda / na do pilar da minha própria felicidade, ativo, neste lugar na Terra, a energia da alegria, para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 7 .- I, pilar da guarda / na da minha própria paz, Ativo, nesta parte da Terra, a energia da paz, para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 8 .- I, da guarda / na coluna de minha própria vontade, ativo, neste lugar na Terra, a energia de harmonia, pois o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 9 .- I, pilar da guarda / na da minha própria gratidão, ativo, neste lugar na Terra, a energia da gratidão, pelo bem maior da nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. 10 .- I, pilar da guarda / na da minha própria Verdade, Ativo, nesta parte da Terra, a energia da verdade, pois o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a humanidade. Nós combinamos as energias dos 10 pilares da IGHLUZ para ativar todas as energias de: Luz, Amor, Unidade, Liberdade, Sabedoria, Alegria, Paz, Harmonia, Gratidão e Verdade, em colaboração com os nossos eus superiores, com todos os Seres de Luz sempre nos ajudando com os Devas e os Elementais desse lugar, e, o Grande Energia Cósmica Universal de Cristo, para o maior bem de nossa querida Mãe Terra e toda a Humanidade Alexiis Blog: http://alexiis-vozdelaluz.blogspot.com
DEARS BROTHERS AND SISTERS!! Each day come and take a few minutes of your attention and emanation of light to Gaia and so we have a stream of people pouring love and light to all mankind and Gaia! Only write in this box and know that every brother participates and the number of people sending their energy for our beloved planet! Kisses in the heart of each brother, lightworker! Gisele Merise

sábado, 14 de maio de 2011

MESTRES ASCENSIONADOS




Os Mestres Ascencionados e Seus Poderes  

Verdadeiramente, os Grandes Mestres Ascensionados são Deuses.

Não é de admirar na mitologia das eras antigas, que suas atividades nos tenham sido transmitidas em forma de mitos e fábulas. Eles manejam, sempre, tremendo Poder Divino, porque se firmam com inflexível determinação na Grande "Presença Divina" e em conseqüência todo poder lhes é dado, pois eles são a total Manifestação da Perfeição.

Os Mestres Ascensionados que desde o princípio conduziram a expansão da Luz na Humanidade deste Planeta, não são ficção ou produto da imaginação de ninguém. Eles são reais, visíveis, tangíveis, gloriosos, vivos, verdadeiramente Seres de tanto Amor, Sabedoria e Poder que a mente humana vacila diante dessa imensidade.

Trabalham em toda parte do Universo com liberdade completa e poder sem limites para fazer com naturalidade, tudo o que o homem comum considera sobrenatural.

Nessa espécie de atividade, os Mestres Ascensionados podem mudar os corpos em que trabalham, tal como qualquer pessoa muda de roupa, porque a estrutura celular está sempre sob Seu controle consciente.

Conheça alguns de nossos queridos Mestres Ascensionados e algo sobre suas obras, clicando em seus nomes nos links ao lado.





Mestre Sananda  










Sananda é o dirigente máximo do sistema solar. É um disciplinador, um homem de vontade e controle de ferro. É hoje o Instrutor do Mundo e continua trabalhando incansavelmente pelo despertar da consciência Crística na humanidade. Seu trabalho nessa época é de grande responsabilidade, pois a Ele cabe dirigir o pensamento do Ocidente, de seu presente estado de inquietude, para as águas pacíficas da certeza e do conhecimento, e de preparar o caminho, para a vinda do Instrutor do Mundo.

Ele é bem conhecido da história da Bíblia, aparecendo primeiro como Joshua, o Filho de Nun; aparecendo novamente, posteriormente na época de Esdras, como Joshua; passando pela terceira Iniciação, como relatado no Livro de Zacarias, como Joshua; e, na história do Evangelho, é conhecido por dois grandes sacrifícios: um, aquele em que cedeu Seu corpo para ser usado pelo Cristo; e o outro, o da grande renúncia que é a característica da quarta Iniciação. Como Apolônio de Tiana, passou pela quinta Iniciação e se tornou um Mestre de Sabedoria. Ele é, particularmente, o grande Líder, o General e o sábio executivo e, em assuntos da Igreja, Ele coopera intimamente com o Cristo Cósmico, assim, economizando-lhe muito e atuando com o seu intermediário, onde quer que seja possível.

Como homem encarnado, o bem amado Jesus ofereceu-nos um espelho para a visão mais gloriosa de nós mesmos: a de Filhos de Deus, capazes de amar incondicionalmente e de transcender todos os limites e ilusões da matéria, sobretudo a morte. "Aquilo que eu faço, também vós sois capazes de fazer, e outras coisas ainda maiores", disse ele, afirmando a nossa ilimitada potencialidade divina.

Ele sabia que teria poucos seguidores enquanto estivesse no mundo físico e também qual seria o desfecho de sua encarnação. Apesar de todos os revezes e oposições que sofreu, concluiu com absoluto êxito a missão de ancorar a energia Crística de amor e sabedoria no planeta. Plantou sementes no coração dos homens, sementes que eclodiriam algum tempo depois, preparando-nos para a compreensão de verdades maiores que se revelariam conforme o desenvolvimento de cada um.

Os Evangelhos, como registro histórico de sua mensagem à humanidade, não traduzem a profundidade de seus ensinamentos. Muito do que Jesus ensinou sequer foi captado pelos homens da época, e muito ainda foi distorcido nas sucessivas revisões dos escritos evangélicos com o passar dos séculos. Mas isto não tem tanta importância, se considerarmos que nosso amado Mestre, continua sustentando o despertar da humanidade.

Logo após sua ascensão, ele assumiu o cargo de Diretor da Era de Peixes, ciclo evolutivo que se iniciou com sua missão e findou em 1954. Nesse período, foi também Chohan do Sexto Raio, a energia de Deus que eleva a vida e os seres por meio da devoção, da compaixão e da entrega. Atualmente, o Mestre Sananda exerce, ao lado do Mestre Kuthumi, o cargo de Instrutor do Mundo. Ele dirige, agora de maneira ainda mais abrangente, as questões relativas ao desenvolvimento da espiritualidade, da educação, da religião e da ética para a humanidade terrestre. Seu templo etérico localiza-se sobre a Jerusalém e sua música chave é Jesus Alegria dos Homens, de Bach.

Em Seu Sagrado Nome, podemos sempre solicitar a ajuda necessária para a ampliação da nossa consciência e o florescimento do amor incondicional em nosso coração. E temos ainda os profundos ensinamentos que ele nos oferece em Um Curso em Milagres, canalizados por uma psiquiatra americana há 40 anos. Nessa obra de valor incomensurável, Mestre Jesus guia-nos no processo de cura das ilusões do mundo físico e restabelecimento da nossa consciência original como Filhos de Deus.  

















Sanat Kumara



Sanat Kumara é um Grande Ser de Luz, Regente do Planeta Vênus, cuja população vive em dimensões muito elevadas. É também conhecido como o Ancião dos Dias e Deus da Paciência. Seu complemento divino é Vênus, co-regente do planeta Vênus. Sua chegada ao nosso Planeta, data de aproximadamente dezoito milhões de anos a.C., correspondente ao periodo da raça Lemuriana, ou terceira raça raiz, quando o nosso planeta estava imerso em trevas, onde ele se ofereceu para sustentá-lo com sua própria Luz e instalou a Chama Trina no coração dos homens.

Em função de sua vinda e de seu compromisso para com nosso planeta, 144.000 almas de Vênus ofereceram-se para vir com ele e apoiar a sua missão. Quatrocentos kumaras que formaram a vanguarda, construíram o magnífico retiro de Shamballa, a Cidade Luz, num trabalho que foi chamado de "Projeto Vida", na ilha de Gobi, hoje deserto de Gobi. Esses iluminados encarnaram muitas vezes. Guiados por sonhos e intuições, foram construindo Shamballa para receber o grande Pai Kumara.

Sanat Kumara, residiu nesse retiro físico, embora nunca tenha ocupado um corpo físico como o que ocupamos hoje. Esse retiro estava no universo material, porém, altamente etérico. Depois ficou certo à sua proteção, que Shamballa, esse maravilhoso retiro que estava na oitava física, deveria ser retirado à oitava etérica. A construção durou 900 anos, pois, ela sofria ataques constantes e parte do trabalho caia por terra. Seu projeto é a réplica da Shamballa Vênus. Foi construída de mármore branco, num local da Ásia Central conhecido como Ilha Branca, que ficava num lago/mar sereno, onde é hoje o Deserto de Gobi, na Mongólia. Era um lugar suntuoso, com jardins e muitas flores. Podemos ter uma vaga idéia do que foi Shamballa a partir do Taj Mahal, construído muito tempo depois pelo Mestre El Morya, em uma de suas encarnações na Índia, inspirado na arquitetura da Cidade Luz.

Concluída a cidade sagrada, Sanat Kumara veio com uma corte de mestres, anjos e arcanjos. Uma grande cerimônia, que a Terra nunca tinha visto, aconteceu então. O Grande Kumara, com o auxílio de mais três, ancorou na Terra a Sagrada Chama Trina. Um dos Kumaras invocou o Raio Azul, o outro invocou o Raio Rosa e o terceiro invocou o Raio Dourado e Sanat Kumara fez uma síntese dos três, oferecendo-a à Terra e à humanidade. Imediatamente, a natureza se renovou, animais e plantas reviveram e cada homem na Terra sentiu uma faísca de amor arder em seu coração. E a Terra então começou a mudar.

Foi um grande momento cósmico, e muitos irmãos das estrelas se ofereceram como voluntários para ajudar no grande projeto. Segundo os registros da Grande Fraternidade Branca Universal, 9.000 seres vieram imediatamente dos reinos humano, angélico e dévico. Shamballa é o maior foco de luz da Terra, que ajuda a manter o equilíbrio energético do planeta. É o lugar "onde a vontade de Deus é conhecida", como está escrito na Grande Invocação.

Assim que se fixou em Shamballa, Sanat Kumara fundou a Grande Fraternidade Branca Universal, com a ajuda de dois grandes seres: Lorde Gautama, conhecido mais tarde como "Buda" em sua encarnação como Príncipe Sidarta e Lorde Maitreya, o Cristo Cósmico. A partir daí, a Fraternidade Branca direcionou a evolução espiritual do planeta Terra, sob a orientação maior de Sanat Kumara até que, com a entrada da Era de Aquário, o Ancião dos Dias pode voltar ao seu planeta natal, já que a Terra, está enfim no caminho sem volta da ascensão espiritual.

Sanat Kumara, em cerimônia muito especial ocorrida em 1956, passou o seu cargo de Senhor do Mundo ao Muito Amado Lorde Gautama. Shamballa está mais viva do que nunca, na Quarta Dimensão da Terra, esperando pela humanidade e pela grande ascensão planetária que já começou.  

Ashtar Sheran









Ashtar Sheran, Comandante da Confederação Intergalática, representa a energia do Arcanjo Miguel, a partir da 13ª dimensão de consciência, como Energia Crística Universal, com a missão de ancorar a operação Resgate, junto à Higienização Planetária, na qual estamos inseridos.

Ele foi designado pelo Conselho dos Anciões dos Dias, e pelo próprio Anjo Micah, como o guardião do Sistema Solar, entretanto, os humanos o conheceram por milênios como o ARCANJO MIGUEL, ambos são na verdade a mesma fonte de consciência, extremamente evoluída que ocupa da 9ª dimensão em diante. Ele é o guardião deste Sistema Planetário desde a sua formação a mais de 15 bilhões de anos terrenos.

Sua morada encontra-se nas altas esferas internas da Coroa Solar, assim, como a de muitos Mestres Ascensionados e outros Comandantes Estelares, muitos dos quais, também designados como Arcanjos. O Comandante Ashtar Sheran possui o comando de uma frota de 10 milhões de naves e 33 milhões de servidores da Luz, no trabalho de proteção e orientação evolutiva para todos os planetas deste Sistema Solar. Ele trabalha diretamente com Sananda na distribuição e elaboração de projetos, que viabilizem a ascensão de todo o sistema Solar.


Mestre Djwhal Khul - O Tibetano



"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com vocês!"
Djwhal Khul

O Mestre Djwhal Khul, trabalha sob a orientação do Mestre Kuthumi, ajudando-o intensamente no treinamento de discípulos avançados. Auxilia também ao Mestre El Morya por estar ligado a ele e ao seu trabalho. Ele tem sido chamado “O Mensageiro dos Mestres”. É profundamente erudito e sabe mais sobre os raios e as Hierarquias planetárias do sistema solar, do que qualquer outro Mestre. Alcançou seu mestrado na presente encarnação. Ele vem nos lembrar a todos, que somos discípulos, desde o aspirante mais humilde até o mais adiantado do Cristo. Atua como um transmissor de Luz. Seu trabalho consiste em ensinar e a difundir o conhecimento da Sabedoria Eterna a todos os que se disponham de coração a encontrar essas respostas. Seu raio de ação é a  chama trina.

Ele trabalha com aqueles que curam e coopera desconhecido e invisível, com os pesquisadores da verdade nos grandes laboratórios do mundo, com todos que definidamente almejam a cura e o alívio do mundo e com os grandes movimentos filantrópicos da humanidade, tais como a Cruz Vermelha. Ele se ocupa com vários discípulos de diversos Mestres que podem tirar proveito de sua instrução e nos últimos dez anos, tem aliviado tanto o Mestre Kuthumi como o Mestre El Morya, de uma boa parcela de suas obras de ensinamentos, substituindo-os, em determinados períodos, junto a alguns de seus alunos e discípulos. Trabalha, também, amplamente, com certo grupo de devas dos éteres, que são os devas curadores, que assim o ajudam no trabalho de sanar alguns dos males físicos da humanidade. Foi Quem ditou uma grande parte daquele livro momentoso, “A Doutrina Secreta”, e mostrou a H. P. Blavatsky, muitos dos quadros representativos e lhe deu muitos dos dados que são encontrados naquele livro.

Para expor melhor a intenção deste amado Mestre, faço aqui, uso de uma de suas expressões consagradas, (“urge que possais libertar, filhos queridos, toda a sabedoria em vós e todo amor contido em vosso peito e em vossa alma”).

Está sempre à nossa disposição para nos encaminhar, enquanto ainda nos portamos como aspirantes emocionais, o que dificulta nosso contato com nossos Mestres e nossas realidades que vibram em sintonias mais sutis, porque ainda não transmutamos a nossa devoção emocional, em desinteressado serviço a humanidade e não aos Mestres. Ele nos ensina, iluminando nossos mentais, como trabalhadores universalistas, a aspiração e a vontade de servir desde o plano das emoções ao plano mental, que é o plano onde podemos manter contato com os nossos irmãos maiores.

Viveu no Tibet, sendo conhecido em sua mocidade pelo nome de Gai Ben-Jamin. Presidiu um grupo numeroso de lamas tibetanos tendo sido um abade desse monastério lamásico. Muitos de nós envolvidos nesse processo da higienização planetária, estamos ligados a esse irmão maior. Mora hoje no Tibete Central, em Shingatse, próximo a seu Mestre, Kuthumi e a El Morya.

Diz-se que ele foi Kleinias, o aluno favorito de Pitágoras e ainda o primeiro chela de Senhor Gautama Buda. Trabalhou com El Morya e Kuthumi na criação da Sociedade Teosófica, da qual foi adepto.

Djwhal Khul é a Inteligência responsável, pela revelação dos segredos das antigas escolas iniciáticas, preparando as consciências humanas para a criação da nova raça raiz.

Esse Mestre querido, sempre preferiu ficar em segundo plano, evitando um reconhecimento exterior. Djwhal Khul, como El Morya e Kuthumi, poderia ter atingido a Ascensão muito antes; mas não o fez, para poder ter uma conexão física mais íntima, com o serviço que se apresentaria no futuro. Ele tinha a capacidade de se materializar num quarto sem abrir a porta.

Nos últimos 55 anos ele vem sendo o propagador da Grande Invocação, que tem ressoado pelo mundo inteiro, traduzida em cerca de 70 línguas e dialetos. Como resultado de seu uso pelo mundo inteiro através dos anos, pode-se dizer que as energias invocadas pela Grande Invocação, podem agora estar ancoradas na consciência humana.

Cuida enfim, de todos os discípulos e professores, que se dispõem a aproveitar sua instrução em benefício da humanidade.

A música chave desse Mestre é Air on a G String, de Bach.  

A Grande Invocação

Do ponto de Luz da Mente de Deus,
Flua luz às mentes dos homens;
Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no Coração de Deus,
Flua amor aos corações dos homens;
Que Cristo volte à Terra.

Do Centro onde a Vontade de Deus é conhecida,
Guie o propósito as pequenas vontades dos homens;
O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos raça dos homens,
Cumpra-se o Plano de Amor e de Luz;
E feche a porta onde se encontra o mal!

Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra.

Mestre El Morya



Nossos queridos Mestres El Morya e Kuthumi, estão conosco desde 600.000 a.C. Respectivamente, ambos são também conhecidos na Federação e Confederação Intergaláticas como Marte e Mercúrio. Nessa época El Morya, teve sua primeira experiência como governante nesse planeta, como um Rei, onde hoje é o Peru.

Em 220.000 anos a.C. El Morya foi o Imperador da Cidade das Portas de Ouro na Atlântida, com o título de governante divino. Nos dias de sua grandeza, essa cidade chegou a ter 2 milhões de habitantes. Kuthumi ou Mercúrio, era nessa época o Sumo-Sacerdote. Esses dois grandes Mestres, desde essa época, atravessaram os séculos trabalhando juntos em prol do Planeta. São os fundadores da Sociedade Teosófica.
 Nessa época também, há 200.000 anos atrás, é que foram construídas as duas grandes Pirâmides de Gizé para proporcionar salas de Iniciação permanentes, para ser a casa de Tesouro e para serem Santuários do grande Talismã de Poder, em face da submersão das Terras que iria ocorrer em breve. A Grande Pirâmide serviu também para abrigar por milhares de anos instrumentos sagrados e poderosos.

A Grande Pirâmide somente recebeu o nome do Faraó Queóps, entre 4.551 e 4.528 anos atrás. Há 180.000 anos atrás, após a construção das 2 grandes Pirâmides e por um longo periodo, o Egito esteve submerso em decorrência do cataclisma na Atlântida. Quando tornou a emergir, o Egito foi mais uma vez povoado.

Atualmente, é o Chohan do Vigésimo Raio, Lápis Lazuli que desenvolve a conexão com a nossa essência e o nosso regresso ao cosmos, através da nova codificação criativa, que está sendo irradiada por toda a fraternidade Sideral para este planeta, pois somos filhos do Creador, e todos temos o direito de nos reintegrarmos ao mesmo.

Os Mestres El Morya e Míriam continuam atuando no 1º raio azul, que se desmembrou, para permitir uma maior atuação dinâmica sobre todos os aspectos a serem irradiados nesse ciclo terreno. Ficando esse raio a cargo do Lord Sírius.

Para muitas pessoas nada mudou, pois a mudança só existe nos planos maiores, onde se direciona uma nova proposta das radiações para o despertar da humanidade.

Seu templo etérico localiza-se sobre a cidade de Darjeeling, na Índia. A música para entrar em sintonia com a energia desse majestoso mestre é Pomp and Circunstance, de Elgar.

Em sua última encarnação terrena, foi El Morya Khan, filho do monarca de Bangladesh. Nessa existência, ele renunciou ao trono do qual era herdeiro e abraçou a vida religiosa, tendo ascencionado em 1888. Muitas foram as obras de Mestre El Morya no serviço à Luz.

Ele foi Matusalém, o homem que viveu quase mil anos mencionado na Bíblia. Foi iniciado e instruído em vida por seu pai Enoch, com o qual construiu O Grande Templo Sagrado, que não sobreviveu às guerras e saques ao longo da História. Seu padrinho espiritual era Melquizedec, para muitos, Sanat Kumara. Viveu também como Abraão, o patriarca do Povo Hebreu, sempre citado pela fiel obediência a Deus e ao Plano Divino.

Determinação, firmeza e liderança são os mais marcantes traços de El Morya, que encarnou vários reis como Nabucodonosor, da Babilônia (630 a.C.); Leônidas, de Esparta (532 a.C.); Melchior, um dos reis magos que deu aporte energético ao nascimento de Jesus; e Arthur, o unificador dos clãs da Inglaterra no século VI. Na Mongólia, foi imperador duas vezes entre os séculos XIV e XV: como Akbar, o 0 Grande, que unificou seu povo e transmitiu-lhe os valores do monoteísmo; e Shah Jahan, o lendário construtor do Taj Mahal, um monumento ao amor até hoje cultuado no islamismo.

Em duas de suas encarnações na Inglaterra, foi canonizado pela Igreja Católica. Numa foi Thomas Becket (1118 - 1170), arcebispo de Canteburry martirizado por desafiar os desmandos do rei Henrique II. Na outra, Thomas Morus (1478 - 1535), pensador, estadista e advogado, escritor da obra Utopia, um tratado sobre a justiça e a igualdade social. Por suas idéias avançadas e polêmicas, foi preso e decapitado a mando de Henrique VIII.

Mestre Kuthumi



Kuthumi sustenta as virtudes do Segundo Raio, iluminação, sabedoria e discernimento e auxilia a todos que buscam a Verdade de Deus. A Ele é dado, em grande parte, o trabalho de estimular a manifestação de amor latente nos corações de todos os homens e de despertar, na consciência da raça, a percepção do grande fato fundamental da fraternidade.

Na Grande Fraternidade Branca Universal, Kuthumi ocupa o cargo de Instrutor do Mundo, juntamente com o Mestre Sananda. Sua função é transmitir a Verdade Divina ao homem por intermédio das religiões. Como um ser do Segundo Raio (amarelo/dourado), auxilia a todos que desejam conhecer as leis espirituais e serem bons instrutores de seus semelhantes. Atua em conjunto com o Grande Diretor Divino, Senhor Maitreya, no santuário deste, em Cachemira, na Índia.

Kuthumi teve antes de sua ascensão, muitas encarnações em nosso planeta. Numa de suas passagens pelo Egito, foi o faraó Amenófis IV, empreendedor do culto ao Deus Aton, Supremo Ser Universal representado pelo Sol. Por devoção ao Deus Uno, mudou seu nome para Akenaton (servidor de Aton) e procurou libertar o povo egípcio das falsas noções religiosas e superstições. Infelizmente, o culto à Grande Divindade teve curta duração no Egito, pois não foi sustentada pelos sacerdotes após à morte do faraó.

Nos anos 2000 a.C., viveu como rabino e participou da escritura do Novo Testamento e do Talmude, código moral e espiritual do povo hebreu. No ano de 570 a.C., encarnou como o grego Pitágoras, grande filósofo e ocultista. Sua trajetória de vida levou-o a estudar no Egito e na Babilônia, onde iniciou-se nos mistérios de Ísis e de Osíris, dos magos caldeus, dos zoroastristas e dos mosaístas. Ao retornar para a Grécia como um grande iniciado, fundou na ilha mediterrânea de Crotona sua famosa escola de filosofia esotérica, o Instituto Pitagórico, misto de colégio de educação, academia de ciência e cidade modelo.

Ali o sábio ensinava que os deuses, diversos em aparência, eram os mesmos em todos os povos, visto que eles correspondiam a vários aspectos de um mesmo Deus, Supremo e Único. Pregava a tolerância para com todos os cultos; a unidade dos povos e das religiões. Pai da numerologia, Pitágoras ensinava também que os números continham o segredo de todas as coisas e que Deus era a Harmonia Universal.

Esse é o principal toque pessoal, que o Mestre imprimiu em todos os seus discípulos, através dos tempos: o pendor universalista, a vocação fraterna e Crística que, liberta de dogmas e separatismos religiosos, devota-se ao trabalho de unificação espiritual.

Em outra vida do Mestre, no tempo de Jesus, foi Baltazar, um dos três Reis Magos que seguiram a estrela de Belém, que na verdade era uma nave interestelar, e foram homenagear o nosso 49º Cristo que foi nosso doce Jesus. Mas, certamente, uma de suas mais belas experiências na Terra foi como Francisco de Assis, o jovem que abdicou da fortuna de sua família e abraçou a vida de serviço e adoração a Deus.

No século XIX, já como Mestre Kuthumi, viveu nos altos do Himalaia, no Tibet. Junto ao Mestre El Morya, fundou, em 1875, a Sociedade Teosófica por meio de Helena Blavatsky, a quem foram transmitidos os conceitos básicos da teosofia. Essa doutrina trouxe ao Ocidente o conhecimento esotérico da Índia.

Mestre Ramatis



O Mestres Ramatis e Kuthumi, são na verdade a mesma fonte de consciência. Como Ramatis, este nosso Irmão Maior, exerce hoje a função de Secretário Geral da FRATERNIDADE DA CRUZ E DO TRIÂNGULO, que se empenha em divulgar os ensinamentos de JESUS, paralelamente com a tradição espiritualista do Oriente, estabelecendo assim, um profícuo intercâmbio entre as correntes espiritualistas do Ocidente e as fraternidades iniciáticas do mundo Oriental, com significativo proveito para toda a Humanidade.

Ramatis foi Nathan, o grande conselheiro de SALOMÃO; Essen, filho de Moisés e fundador da fraternidade Essênia, fiel seguidor dos ensinamentos Kobdas; e mais recentemente, Phylon de Alexandria, contemporâneo de JESUS, por cuja segurança muito lutou.

Quando de sua passagem por Atlântida, em que foi um Sacerdote, conviveu com Allan Kardec. Viveu também no Egito, na era de Ramsés II e do Faraó Mernephtah, quando reencontrou–se com Kardec, então o sacerdote Amenófis.

Ramatis, assim como muitos de nós, é oriundo do Sistema Estelar de Sírius. Em Atlântida, ele foi um Sacerdote Aumbandhã, que foi uma sabedoria milenar que trouxe do Sistema de Sírius, que significa Lei Maior Divina ou Sabedoria Secreta, Setenária e Esotérica. Aumbandhã é um instrumento de Magia Branca utilizado pelos altos Sacerdotes da Luz Atlantes, na verdade, os Magos Brancos, composto por Leis Cósmicas e pelas Forças da Natureza, para deter o avanço das trevas.

Esses Magos Brancos de outrora, que na sequência foram Caldeus, Babilônicos, Egípcios e, alguns, africanos, fizeram com que se mantivesse viva a Magia Atlante ancestral. O Mantra original da Lei Divina, Aumbandhã, foi retomado e nasceu a Umbanda. Isto aconteceu em 1.908, quando o médium Zélio Fernandino de Moraes, numa sessão mediúnica que se realizava na Federação Espírita de Niterói, Estado do Rio de Janeiro, recebeu uma Entidade de Luz, que se denominou Caboclo das Sete Encruzilhadas e comunicou que, por deliberação do Alto, iria se instituir, sob o signo da caridade um novo culto ao qual dariam o nome de Umbanda. No dia seguinte, 16 de novembro de 1.908, o primeiro Templo de Umbanda, a Tenda Nossa Senhora da Piedade, foi fundada por aquela entidade.  Era o componente que faltava do Conhecimento Antigo. Ela tinha que reviver no Brasil, porque aqui ficou a semente espiritual do povo atlante. Vem também desde os tempos de Atlântida, nosso envolvimento com as Terapias que hoje conhecemos por Apometria e Anti-goécia.

Como mensageiro sideral, ombreia-se Ramatis com as mais destacadas entidades, tais como Emmanuel ou Hilarion. E, como luzeiro espiritual, não há prisma terráqueo capaz de mensurá-lo. É de se notar, que em toda a sua literatura, Ramatis curva-se à majestosa personalidade de Allan Kardec, com importantes referências ao seu legado, a Codificação do Espírito, salientando sempre que o Espiritismo sem Kardec não é Espiritismo.

O Templo que Ramatis fundou foi erguido pelas mãos de seus primeiros discípulos e admiradores. Cada pedra de alvenaria recebeu o toque misterioso, que não pode ser explicado a contento na linguagem humana.

Embora tendo desencarnado ainda moço, Ramatis pode aliciar 72 discípulos que, no entanto, após o desaparecimento do mestre, não puderam manter-se à altura do mesmo padrão iniciático original. Eram adeptos de diversas correntes religiosas do EGITO, da ÍNDIA, da GRÉCIA, da CHINA e até da ARÁBIA.

Apenas 17 conseguiram envergar a simbólica Túnica Azul e alcançar o último grau daquele círculo iniciático. Os demais, seja por ingresso tardio, seja por menor capacidade de compreensão espiritual, não alcançaram a plenitude do conhecimento das disciplinas ensinadas pelo Mestre. Vinte e seis adeptos estão no Espaço desencarnados, cooperando nos trabalhos da “CRUZ E DO TRIÂNGULO”. O restante disseminou-se pela Terra, em diversos lugares. Acredita-se que 18 reencarnaram no Brasil, 6 nas Américas, enquanto os demais espalharam-se pela Europa e Ásia.

Como a Europa está atingindo o final de sua missão civilizadora, alguns discípulos reencarnados emigrarão para o Brasil, em cujo território, afirma Ramatis, reencarnarão os predecessores da generosa humanidade do terceiro milênio. No templo que Ramatis fundou na Índia, esses discípulos desenvolveram seus conhecimentos sobre magnetismo, astrologia, clarividência, psicometria, radiestesia e assuntos quirológicos, aliados à filosofia do “duplo etérico”. Os mais capacitados tiveram êxito no campo da “Fenomenologia mediúnica” dominando fenômenos de levitação ubiqüidade, vidência e psicografia de mensagens que os instrutores enviavam para aquele templo de estudos espirituais.

Mas, o principal “toque pessoal” que Ramatis desenvolveu em seus discípulos foi o pendor universalista, devido ao próprio fundamento fraterno e Crístico para com todos os esforços na esfera espiritualista. Não se preocupam com os invólucros dos homens, movendo-se para solucionar o mistério da vida. Sentem a realidade contínua do Espírito, que só lhes inspira o amor e a fraternidade, a qualquer momento e em qualquer local. Respeitam e compreendem a necessidade que os homens tem de buscar a verdade, a fim de se exercitarem para os vôos crísticos do futuro. Não se adaptam a exclusivismo algum e evitam postulados doutrinários que cerceiam a liberdade da razão.

Sua última encarnação na Terra já como Ramatis, ocorreu na INDOCHINA no século X. Continua, entretanto, militando em nosso pequeno mundo, em obras de transformações sociais e como insigne mensageiro que, não obstante as conhecidas limitações mediúnicas, ainda consegue ditar obras de envergadura de FISIOLOGIA DA ALMA, MENSAGENS DO ASTRAL, EVANGELHO À LUZ DO COSMO, além de outras, contendo mais de uma dezena de preciosidades de inegável valor doutrinário e filosófico.

 Os relatos acima são dos Médiuns: Hercílio Maes e Norberto Peixoto,
extraídos dos livros Mensagens do Astral, e Chama Crística.

Mestre Confúcio



O Mestre Confúcio é o atual Hierofante do Templo do Royal Teton, nos EUA. Como um Ser do Segundo Raio, ele sustenta os atributos divinos da sabedoria Crística, da iluminação e do discernimento.

Mestre Confúcio, discípulo de Lanto. Teve sua última existência na China no período 551 AC - 479 a.C. Confúcio deu um grande exemplo de sabedoria e iluminação, principais atributos do Segundo Raio. Reverenciado como Sábio Supremo, deixou ensinamentos seguidos por mais de 2 mil anos, até que a revolução comunista proibisse o estudo do confucionismo e destruísse os templos em que ele era transmitido.

A maior contribuição de Confúcio ao povo da China foi um código de conduta, que pregava o respeito aos ancestrais e à Vontade Divina. Ele ensinava que a sociedade ideal é resultado da harmonização de cinco afinidades: entre governante e ministro, marido e esposa, pai e filho, irmão mais velho e mais jovem, amigo e amigo. Os relacionamentos, por sua vez, deveriam estar baseados no conceito de ren(humanidade e amor) praticado por meio do li (ética comportamental).

Os seus ensinamentos ainda estão em evidência e milhões de pessoas seguem-lhes fielmente, como norma e filosofia de vida. Na China, principalmente, é venerado acima de todos os seres da terra; em todas as cidades, por menores que sejam, há templos onde se lhe rende culto, geralmente em templos suntuosos, em paredes pintadas com a cor vermelha.




Mestre Lanto



Lanto se tornou um Mestre Ascencionado por volta de 500 a.C. Conhecido como a grande luz da antiga china, presta agora serviços como um dos principais sábios da América. Lanto, é um Mestre Ascenso em cuja presença a sublimidade da Mente de Deus pode ser tocada.

Ele nos ensina a alcançar a iluminação, optando pelo uso do raio amarelo para envolver os corações de toda a humanidade. Dedicou-se ao aperfeiçoamento das evoluções desse planeta através da Chama Dourada.

Teve a sua evolução como Sumo Sacerdote no Templo da Mãe Divina, no continente de Lemúria, onde hoje temos o Oceano Pacífico e em outras várias reencarnações na Atlântida.

É conhecido como o Mestre do Poder da Precipitação. Um processo alquímico de atrair luz e substância cósmica do Universal, fazendo-a materializar numa forma física através da Ciência da Palavra Falada.

Encarnou mais tarde como um governante da China e como um contemporâneo de Confúcio ( 551-479 a.C.). Depois de sua ascensão, aceitou o cargo de Mestre Presidente do Conselho do Royal Teton, a fim de trazer ao mundo ocidental a chama da Ciência, da Tecnologia, da Cultura da Mãe e do respeito à vida.

Lanto é um Venusiano e, ajudou a SANAT KUMARA na construção de SHAMBALLA. Ele veio trazer a luz na sua missão ao Planeta, cuja humanidade se desumanizara e havia perdido o fogo original e a inteligência que animava a sua divindade.

Ao longo dos séculos 19 e 20, Lanto deu o seu fiel apoio aos esforços de Saint Germain para libertar a humanidade através da divulgação dos Ensinamentos dos Mestres Ascensos sobre a Presença do EU SOU e o fogo violeta. A 3 de Julho de 1958, Lanto aceitou que Kuthumi lhe passasse o cargo de Senhor do Segundo Raio, e o Mestre Ascenso Confúcio sucedeu-o como Hierarca do Retiro do Royal Teton.

Em 30 de Outubro de 1966, Lanto recebeu do Conselho do Karma uma dispensação permitindo que uma "poderosa, transcendente chama dourada da iluminação" fosse posta a pulsar a uma altura aproximada de 30 metros na atmosfera por cima dos estabelecimentos de ensino superior, universidades, seminários e faculdades de teologia na América e no mundo cujos estudantes e corpo docente fossem ou viessem a ser receptivos ao conhecimento das esferas superiores. Qualquer estudante de um estabelecimento de ensino superior pode invocar a ação desta chama em prol do seu corpo docente e discente.

Nota Chave do Retiro do Royal Teton - "Canto à Estrela da Tarde" da ópera Tannhauser, de Wagner.  




 Mestre Gautama



Duas vezes ele renunciou a uma vida gloriosa para auxiliar a humanidade. Hoje, é o Senhor do Mundo.

Em sua última vida na Terra, há 2,5 mil anos, ele foi o príncipe hindu Sidarta Gautama, o fundador do budismo. Criado com todo cuidado, a salvo das misérias do mundo, o príncipe um dia despertou para a sofrida condição humana e abandonou seu palácio, iniciando a busca da solução para os problemas terrenos.

Foi pelo caminho interior da meditação que ele percorreu os planos do mundo espiritual e alcançou sua iluminação. Depois da queda do homem, foi o primeiro a conseguir esse feito. Mas seu amor pela humanidade era tal que, em vez de viver nas esferas de luz que havia alcançado, decidiu permanecer na Terra e transmitir as verdades fundamentais da vida aos homens, auxiliando-os em sua elevação. Assim nasceu o budismo.

Por muito tempo, Gautama foi o Buda da evolução para a Terra. Em 1956, assumiu o cargo de Senhor do Mundo, substituindo Sanat Kumara na mais alta função da Grande Fraternidade Branca. A dimensão de sua aura é tamanha que envolve até a menor partícula de vida do planeta.

Seu templo etérico é o de Shamballa, de onde irradia as chamas Azul da vontade de Deus, Dourada da iluminação e Rosa do amor ao coração dos homens. Seus atributos são o equilíbrio e o caminho do meio e sua música chave, o Opus 5 da Sexta Sinfonia de Beethoven.  

Mestre Maitreya



Lord Maitreya, como é também conhecido, atua como o Cristo Cósmico para toda a nossa galáxia, irradiando a Chama da Sabedoria e da Iluminação para todos os seus planetas e estrelas. Nessa função, em que representa o aspecto Deus/Filho, concede a Iniciação Solar aos Iluminados mais adiantados.

Como Buda da Evolução para a Terra, ele mantém acesa a Chama Divina nos corações humanos.

O termo Buda, em sânscrito, significa "o iluminado". Na senda da evolução espiritual, essa palavra designa um altíssimo grau de consciência. O Mestre Maitreya, foi instrutor do Mestre Jesus Sananda, em sua missão como avatar.

Ele irradia a Chama Rosa do Amor com nuances de Dourado e de Azul para o templo etérico de Shamballa, de onde é redistribuída ao planeta. Seu complemento divino, Mestra Kwan Yin, atua como Buda da compaixão para a humanidade, concedendo misericórdia aos seres cujos ajustes cármicos são demasiadamente severos.  







Mestre Afra



O Mestre Afra, é o patrono da África e da raça negra. Afra foi o primeiro membro da raça negra a fazer a sua ascensão. Há muito tempo atrás ele sacrificou o seu nome e a sua fama para patrocinar um vasto continente e um povo poderoso. Quando Afra ascendeu, pediu para ser chamado simplesmente de "um irmão", ou frater, em Latim. Então, "um frater" tornou-se o nome de Afra.

A raça negra, originalmente, fazia parte do que era conhecida como a raça azul e a raça violeta. A sua pele, na realidade, tinha um tom azul ou violeta.

Essas almas viviam numa civilização espiritualmente avançada, que existiu no continente africano. Cada nação é chamada por Deus para manifestar uma virtude específica ou para cumprir um certo destino. Os membros do que chamamos a raça negra eram enviados à Terra para desenvolver a mestria sobre as qualidades do poder, vontade e fé divinas (no raio azul) e as qualidades da liberdade, justiça e misericórdia divinas (no raio violeta).

Afra viveu há 500.000 anos atrás, quando o povo dessa antiga civilização havia atingido uma encruzilhada. Seres extraterrestres e anjos caídos, que haviam invadido o planeta Terra, dividiam o povo. Isto pode parecer ficção científica.

Mas a verdade é, com freqüência, mais estranha que a ficção. Esses anjos do mal decidiram-se a destruir as raças azul e violeta. Distorceram os rituais outrora sagrados e as formas de arte deste povo. Isto abriu as portas para a feitiçaria, o vodu e a magia negra. Voltaram o povo para o ódio, a superstição e a luta pelo poder. À medida que o povo desviou a sua atenção da sua Presença Divina, tornou-se cada vez mais vulnerável às técnicas dos anjos caídos, de dividir para conquistar. A nação dividiu-se entre as facções guerreiras de suas tribos. O povo estava perdendo a batalha espiritual interna entre as forças da luz e das trevas dentro de si próprio.

A sua divisão, interna e externa, fez com que eles se tornassem escravos dos extraterrestres. Ao ver a situação em que seu povo se encontrava, Afra encarnou entre eles, para salvá-los.

Afra sabia que uma grande parte do seu povo, havia perdido a chama trina, assim como muitos negros e brancos estão perdendo-a hoje, através do ódio.

Ele sabia também que, para conseguir recuperar essa chama trina, eles teriam que seguir a senda da fraternidade. Teriam que cuidar uns dos outros. A única forma dele ensiná-los a serem irmãos, era ser um irmão ele mesmo. E por isto ele foi crucificado pelo seu povo. Ele foi o Cristo no meio deles, mas eles não o reconheceram. Estavam cegos pela ânsia de poder.

Mestra Kwan Yin



Amparadora dos seres cujos atos geram severos ajustes cármicos. Também conhecida como Deusa da Misericórdia, representa a grande força da Mãe Universal no Oriente, assim como Mãe Maria, no Ocidente. Antes de Saint Germain, era ela a Chohan do Sétimo Raio. Hoje, sustenta os atributos do Raio Lilás (violeta e rosa) do perdão e da misericórdia divina, irradiado de seu Templo da Misericórdia sobre Pequim, na China.

São ilimitados o seu amor e compaixão pelos homens. A Deusa da Misericórdia, que é mediadora do Conselho Cármico, está sempre pronta a atender os desejos dos seres humanos, concedendo-lhes mais auxílio do que em verdade merecem.

O Raio Lilás ampara os seres que transgrediram gravemente as leis universais e não conseguem suportar os retornos cármicos, necessitando de uma energia mediadora ou intercessora entre o mundo das criações e a Grande Lei.

Kwan Yin já era conhecida no Extremo Oriente antes do advento do Budismo. Dentre suas várias encarnações na China, a mais conhecida foi como filha do Imperador Miao Chuang Wang, da Dinastia Chou, 700 a.C. Diz a lenda que ela foi condenada à morte pelo próprio pai. Primeiro tentaram decapitá-la, mas a espada usada na execução quebrou-se em mil pedaços. Depois, ao tentarem asfixiá-la, sua alma desceu ao inferno por alguns instantes e o transformou em paraíso. Ela é hoje a madrinha da nação chinesa.

Kwan Yin fez o voto de "bodhisattva", que significa "Buda de compaixão", e comprometeu-se a trabalhar pela evolução do planeta e do Sistema Solar. É o complemento divino ou contraparte feminina do Senhor Maitreya e invocada, no Oriente, pelos devotos por meio do mantra OM MANI PADME HUM.

Mestre Paulo, o Veneziano



Sustentando as energias do Espírito Santo para a humanidade, é quem nos dá o alento da vida.

Paulo, o Veneziano é o Maha Chohan da Grande Fraternidade Branca. Nessa função, canaliza a Luz do Coração do Universo, para os Chohans ou diretores dos Raios. Representa a energia do Espírito Santo para a humanidade, que vivifica toda forma de vida nos reinos humano e elemental. É dele que recebemos o primeiro alento quando nascemos e, quando desencarnamos, é também ele que recebe o nosso último suspiro.

Como Ser do Terceiro Raio, é especialmente dedicado aos atributos do amor divino, inteligência criativa, beleza, comunhão e compaixão. Em sua última passagem pela Terra, ele foi o pintor renascentista Paolo Veronese (1528 - 1568), um devoto da beleza, da religiosidade e da perfeição. Quem deseja desenvolver as faculdades da criatividade e da intuição recebe desse Mestre todo auxílio necessário.

O Maha Chohan é um amoroso consolador de todo ser humano, que se empenha em nos motivar a entrar no ritmo vibratório de Sua natureza, até que incorporemos os Seus atributos. Seu templo etérico fica sobre a ilha de Sri Lanka, ao sul da Índia. A música chave desse mestre é At Downing, de Cadman.

Mestre Serapis Bey



Chohan do Quarto Raio, Branco Cristal, sustenta os atributos divinos da pureza, ascensão, artes, ressurreição, autodisciplina e ordem.

Seu nome é com frequência associado às antigas Escolas dos Mistérios, porém, sua energia é muito mais antiga. Embora tenha sido venerado neste planeta como o Deus Osíris na Atlântida, como Hermes Trimegisto e como Thoth, a sua atividade na Terra é muito mais antiga do que isso.

Em Atlântida, como um rei/sacerdote já atuava no Templo da Ascensão. Com a proximidade da queda da Atlântida, os oficiantes e guardiões das chamas sagradas foram avisados e, assim, ele fugiu com seu grupo de servidores da luz, para Luxor, no Egito, onde ancorou o novo Templo da Ascensão.

É do mesmo templo, posteriormente realocado para a Quarta Dimensão, que ele atua como Mestre do Quarto Raio para a humanidade, sustentando os atributos da pureza, ascensão, artes, ressurreição, autodisciplina e ordem.

Serapis Bey teve várias encarnações no Egito. As mais conhecidas foram como os faraós Akenaton IV e Amenófis III (construtor do Templo de Tebas e de Karnak), Faraó Amenhotep III e Leônidas, Rei de Esparta - 480 a.C.

Apaixonado por arquitetura, construiu noutra de suas encarnações, na Grécia, o famoso Parthenon. Tem sido grande construtor de templos, tanto físicos como internos, a serviço da Luz. Ascencionou no século IV a.C.

Muitas pessoas que nasceram a partir de 1954, podem ter em seus peitos gravada a palavra "ASCENSÃO", estando mais ligadas do que imaginam à Higienização planetária e à esse amoroso Mestre, pois ele avalizou a vinda de muitos de nós, perante a juizes e conselheiros do Conselho Cármico, segurando-nos pelas mãos, responsabilizando-se mesmo por nós, assegurando que em nossos corações pulsava a verdade e que nossa essência guardava um vívido grito de liberdade para edificar o grande Raio da imortalidade.

Consultemos nossa consciência e não esqueçamos o compromisso firmado diante dos Seres Celestes! Muito esperam de nós nossos irmãos maiores.

Mesmo se você não está no ciclo de nascimentos citados, a partir de 1954, com certeza você também foi recebido pelos seus Mentores e Mestres antes de sua reencarnação e uma prova da sua intensa ligação com a Hierarquia é a sua afinidade pelos ensinamentos dos Mestres Ascensos.

Serapis nos deixa no ar uma pergunta: "Vocês se recordam?"

"Eu me coloquei perante vocês, a partir do momento em que se ajoelharam diante dos Grandes Juizes, quando cada Membro daquela Grande Corte, em uma só voz, deu consentimento para sua encarnação em corpo físico."

Filhos, Venho vos recordar que através desta encarnação vocês podem escrever a última página da história de sua corrente de vida, e Eu serei um dos primeiros a saúda-los em seu retorno." "Vocês agora escutaram a voz de seu coração. Vocês sentiram a pressão dos Irmãos e Irmãs da Chama da Ascensão e Nós estamos mais perto, neste momento, do que estávamos na hora de seus nascimentos."

"EU SOU", eternamente grato, SERAPIS BEY.

Mestra Nada



Chohan do Sexto Raio, ela sustenta os atributos divinos da paz, devoção, misericórdia, idealismo e cura.

Mestra Nada era uma das divindades protetoras do planeta Vênus que veio como voluntária, juntamente com Sanat Kumara, para servir no grande plano de ascensão espiritual terrestre. Ela passou por várias encarnações nesse planeta, onde enfrentou muitos desafios e se aperfeiçoou na Bondade e no Amor. Seu Templo é o Rubi da Cura, no espaço etérico sobre a Arábia Saudita, de onde ela sustenta os atributos do Sexto Raio: devoção, compaixão, misericórdia, idealismo, sacerdócio e cura.

Numa de suas experiências terrestres, em Atlântida, foi sacerdotisa no Templo do Amor e advogada das crianças e dos injustiçados. Houve também uma passagem pela Mesopotâmia, na qual pertencia a uma família abastada e tinha duas irmãs de grande talento artístico para a dança e o canto. Diante de irmãs tão admiradas, a pequena Nada sentia-se inferior. Foi então que surgiu em sua vida a Mestra Caridade, que a ensinou a amar e a admirar as irmãs e a meditar em favor delas. Foi difícil para Nada manter-se em oração ainda criança, mas como resultado de sua doação, as moças transformaram-se em expoentes das artes, ela própria aprendeu sobre o incomensurável amor e passou a ter uma vida de entrega ao Plano Divino.

Serviu no Templo da Ascensão em Luxor, no Egito, onde passou para a liberdade eterna, sob a direção do Mestre Serapis Bey, Chohan do Quarto Raio. Atuou também em vários grupos místico-religiosos no período da 1ª Grande Dispensação Crística (época de Jesus e logo após). Muito ligada ao Cristianismo, seguiu erguendo focos de irradiação do Amor Incondicional em comunidades, cidades e nações.

Por ocasião das grandes modificações internas na Grande Fraternidade Branca, Mestra Nada foi convidada, por seus reconhecidos méritos, a ser a Chohan do Sexto Raio, cargo que recebeu do Mestre Sananda.

É membro do Conselho Cármico e influencia muito os destinos da atual humanidade terrestre. Também atua energeticamente sobre o Brasil, na região de Brasília, no Templo da Lei e da Libertação. Mestra Nada vibra em todos os matizes do Raio Rosa, do Grande Amor, passando pelo Rosa Magenta e chegando ao profundo Vermelho/Rubi da Graça, da Compaixão e da Caridade.  

Mestra Rowena



Chohan do Terceiro Raio, ou Raio Rosa, sustenta os atributos divinos do puro amor incondicional de Deus, adoração, beleza e reverência

Mestra Rowena é a Chohan do Terceiro Raio ou Rosa. Ela assumiu suas funções em 1964, recebendo o cargo do Mestre Paulo, "o Veneziano", que, por muitos eons, foi o dirigente desse raio cujos atributos são: amor incondicional, beleza, reverência e adoração.

Rowena é raio gêmeo do Mestre Vitória e ambos são de Vênus. Seu templo localiza-se nos planos dimensionais superiores sobre a Inglaterra. Ela é conhecida como a "Mestra da Delicadeza, da Diplomacia e da Beleza".

A amorosa Rowena interessa-se muito em estimular talentos, tanto os latentes como os já descobertos, pois toda emanação de vida é dotada de um talento ou aptidão que deve ser desenvolvida para seu progresso espiritual.

Ela protege, estimula e mantém os realizados, que já alcançaram suas metas nesta vida e faz o mesmo com os aspirantes que estão se iniciando no caminho. O Terceiro Raio representa a força magnética da Chama Rosa do Amor Divino ou Incondicional. É a energia que liga a idéia divina à forma física. É a essência do Amor Divino que une todas as formas e todos os átomos, que mantém o universo coeso, atado e integrado.

A Chama Rosa representa o amor, a harmonia, a tolerância, o tato, a compreensão e a diplomacia. Sua energia possibilita ativar a sensibilidade que existe dentro de nós, dando-nos competência para procurar a felicidade e descobrir a beleza que existe em toda parte.

Mestra Rowena atua também juntamente com Mestra Nada do Raio Rubi (Sexto Raio) na chamada "Casa Rubi" da Fraternidade, o grande foco de Amor para a nossa Era. Para fazermos um boa conexão com o Raio Rosa e Mestra Rowena, usamos um cristal de quartzo rosa, a pedra do amor.  

Mestre Hilarion



Chohan do Quinto Raio, sustenta os atributos divinos da verdade, abundância, ciência, concentração e cura.

Em épocas remotas, antes de a Atlântida submergir no Oceano Atlântico, muitos sacerdotes e sacerdotisas de Ordens Brancas, foram incumbidos de levar para outros países da Terra, os elevados ensinamentos da Sabedoria Divina, para que não se perdessem com Atlântida. Mestre Hilarion, na época ainda não ascensionado, encontrava-se num desses grupos de iniciados, ao qual foi confiada a Chama da Verdade. Este grupo de escolhidos aportou na Ilha de Creta, na Grécia, e lá ancorou a Chama Verde, a Luz da Verdade. Desde então, a Sagrada Chama irradia-se para toda a Terra expandindo a verdade nos pensamentos e sentimentos das criaturas.

Hoje, o maravilhoso Templo da Verdade da Ilha de Creta só existe nos planos etéricos, pois foi destruído por guerras, através da história da humanidade. É de lá que Mestre Hilarion sustenta os atributos do Quinto Raio (verde) da verdade, concentração, ciência, abundância e cura. Seu raio gêmeo é a Mestra Palas Athena.

Hilarion foi o apóstolo Paulo de Tarso, que depois de perseguir os cristãos e julgá-los com base em testemunhos falsos, descobriu a verdade e converteu-se ao cristianismo, ao qual dedicou-se para o restante de sua vida. Foi depois canonizado pela Igreja como São Paulo.

Sob a Luz de Hilarion e as vibrações do Raio Verde, as pessoas materialistas e céticas recebem grande impulso para abrir-se à espiritualidade. Hilarion protege as pessoas que são vítimas de falso julgamento e também atua na cura, tanto física, quanto espiritual de todos os que invocarem suas bênçãos.

Mestre Saint Germain



Chohan do Sétimo Raio, Violeta. É hoje o Diretor da Era de Aquário. A era anterior, a de Peixes, foi dirigida pelo Mestre Sananda. Saint Germain é hoje o responsável por todos nós e pelo nosso Planeta, missão essa recebida do Mestre Sananda, que embora tenha hoje sob sua responsabilidade, missões muito mais relevantes e elevadas, ainda continua conosco por puro amor.

Saint Germain, também conhecido como Mestre Rakoczi, dedica-se especialmente aos atributos divinos da transmutação, perdão, liberdade, justiça, ordem, ritmo, cerimonial e conhecimento elevado. A alquimia, ciência em que ele se notabilizou, é também um atributo do Sétimo Raio, assim como a Chama Violeta, energia capaz de transmutar as negatividades e o carma.

Por muito tempo, o uso da Chama Violeta era restrito aos seres iniciados nos planos sutis; foi por iniciativa de Saint Germain que essa magnífica ferramenta de autotransformação começou a ser introduzida na terceira dimensão, para adiantar o processo evolutivo. Seu uso constante acelera a vibração do nosso campo energético; dissolve os condicionamentos mentais e emocionais e, assim, contribui para a ampliação da nossa consciência espiritual, que leva à crescente aceitação da Divina Presença em nós e culmina com a plena Unicidade em Deus.

Ele já esteve aqui encarnado, como nós, mas venceu todos os limites da matéria e tornou-se Um com Deus, assim como Sananda e outros Iluminados. Por onde passou, deixou um rastro de Luz. Viveu como o profeta Samuel; José, o pai de Jesus; Proclos, filósofo grego; Roger Bacon, monge alquimista inglês, mais tarde, Francis Bacon, que ganhou maior evidência, perante os olhos do público, na controvérsia bacon-shakesperiana; Paracelso, o famoso médico e alquimista suíço; Cristóvão Colombo; e o escritor e dramaturgo William Shakespeare, só para citar suas experiências mais recentes. Ascensionou em 1684, na Transilvânia, hoje conhecida como Romênia.

Mesmo depois de ascensionado, Ele continuou atuando na diretamente na vida física, entre 1710 e 1822. Formou sociedades secretas e dedicou-se à filantropia. Como conselheiro de políticos e monarcas europeus, procurou alinhavar alianças que trouxessem a paz e a justiça ao continente. Tentou inclusive alertar a realeza da França sobre a iminente revolução, mas seus conselhos e profecias não foram ouvidos. Já nos Estados Unidos, ajudou a elaborar a constituição americana e a fundamentar as bases da democracia no país.

Há muitos registros de sua intrigante presença no mundo por esta época, que foi anotada em jornais e, principalmente, nas cartas e memórias da nobreza dos países em que esteve. Ficou conhecido como "o homem maravilhoso da Europa" devido aos feitos extraordinários que realizava. Tinha uma cultura que ofuscava as mentes de todos os sábios europeus juntos, falava pelo menos uma dúzia de idiomas, tocava virtuosamente o violino e o piano, pintava, escrevia, tinha uma memória prodigiosa para fatos históricos e parecia já ter estado em cada canto do mundo. Por todo o tempo em que foi visto, conservou a mesma aparência, a de um cavalheiro na faixa dos 40 anos de idade. Aparecia como que por encanto e, quando se retirava, sumia sem ser visto. Ninguém jamais soube de onde ele veio e como ou por que desapareceu.

Saint Germain não fazia segredo de sua mestria no mundo físico. Utilizava seus poderes adquiridos anteriormente, como línguas vivas e mortas, alquimia, música e bilocação, estando em dois lugares ao mesmo tempo. Utilizando o corpo causal, não necessitava de comida ou bebida, mesmo participando de diversos eventos sociais nas cortes européias, fato que chamava muita atenção. Transformou moedas de metal vil em ouro diante de alguns incrédulos, dentre eles,  Casanova; realizava curas com ervas e poções que preparava; tirava defeitos de pedras preciosas; e chegou até a presentear uma certa madame

Georgy, com um elixir que a conservou com a mesma aparência por 25 anos, e prolongou sua vida muito além da média da época. Deixando-se de lado suas habilidades extrafísicas, era um homem amável, generoso, bem-humorado, refinado e encantador.

Encerrada a sua missão diplomática nos séculos 18 e 19, Saint Germain passou a trabalhar apenas no plano sutil. Seu principal foco de irradiação para a Terra é o Templo Etérico sobre o Mount Shasta, na Califórnia, EUA. Seu complemento divino é Mestra Pórtia e sua nota chave, Conto dos Bosques de Viena, de Strauss. O serviço desse adorável Mestre tem uma abrangência inconcebível para nós.

Esse querido Mestre nos pede que cultivemos em nós através de nossos pensamentos, a paciência e a compreensão, para conosco e para com aqueles que nos circundam, pois através da união dessas duas virtudes, teremos o conforto e a vida de Paz que almejamos. Nos pede também que estejamos conscientes e dispostos, a determinar ao Fogo da Chama Transmutadora Violeta, que transmute as mágoas, as culpas e as causas de todos os enganos, que vimos insistindo em carregar por tantas oportunidades de vida. O Fogo Violeta Misericordioso, nos deixa livres das pressões de todas as energias mal qualificadas, oriundas de nossas atitudes perante a nós mesmos e a nossos irmãos, como crítica, condenação e julgamento. Podemos nos libertar agora ou continuar construindo ao nosso redor, a repetição dos mesmos enganos. A escolha é nossa!  


Mestra Pórtia



Deusa da oportunidade, da Liberdade, e da Justiça. Membro e porta-voz do Conselho Cármico. Complemento de Saint Germain. Atua juntamente com  Kwan Yin, auxiliando-nos a restaurar a nossa Energia Crística, que se encontra de certa forma adormecida.

Ela é um foco de luz muito poderoso que atua com diversas falanges da espiritualidade atuante nos planos mais próximos a humanidade terrena.

Emprega o poder da misericórdia do Raio Violeta e Ultra Violeta e também com a energia do raio Magenta, onde a tonalidade rosada é mais amplificada que a azul, procurando com isso atuar de forma diferente a Saint Germain, para assim complementar outras tarefas em conjunto com os 22 Raios, onde cada qual manifesta suas contribuições para resgatar a Terra e as humanidades presentes nela.












Nenhum comentário:

TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS

IMPRESSIONANTE TESTE PSICOLÓGICO JAPONÊS. Clique aqui: http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm http://www.ociocriativo.com.br/trivias/pub/teste1.htm

ORAÇÃO AO GRANDE ESPIRITO

Oh! Grande Espírito, que criou tudo antes e que reside em cada objeto, em cada pessoa e em todos os lugares, nós acreditamos em Ti. Nós Te invocamos dos mais distantes lugares para nossa presente consciência. Oh! Grande Espírito do Norte, que dá asas às águas do ar e rola a grossa tempestade de neve antes de Ti. Tu, que cobres a Terra com um brilhante tapete de cristal, principalmente onde a profunda tranquilidade de cada som é maravilhosa. Tempera-nos com a força para permanecermos como parte da nevasca; sim, faça-nos agradecidos pela beleza que flui e se aprofunda sobre a quente Terra em seu despertar. Oh! Grande Espírito do Leste, a Terra do Sol Nascente. Tu que seguras em Tua mão direita os anos de nossas vidas e em Tua mão esquerda as oportunidades de cada dia. Sustenta-nos para que não esqueçamos nossas oportunidades, nem percamos em preguiça as esperanças de cada dia e as esperanças de todos os anos. Oh! Grande Espírito do Sul, cujo quente hálito de compaixão derrete o gelo que circunda nossos corações, cuja fragrância fala de distantes dias de primaveras e verões, dissolve nossos medos, transmuta nossas aversões, acenda nosso amor em chamas de verdade e existentes realidades. Ensina-nos que aquele que é forte é também gentil; que aquele que é sábio tempera justiça com piedade; e aquele que é um verdadeiro guerreiro combina coragem com compaixão. Oh! Grande Espírito do Oeste, a Terra do Sol poente, com Tuas elevadas e livres montanhas, profundas e extensas pradarias, abençoam-nos com a sabedoria da paz que segue a contenção e a liberdade de quem vive como túnica flutuante nas asas da vida bem - disciplinada. Ensina-nos que o fim é melhor que o começo e que o por do sol não glorifica nada em vão. Oh! Grande Espírito dos Céus, em dias de infinito azul e misturado às infindáveis estrelas da noite de cada estação, lembra-nos o quanto és imenso e bonito e majestoso além de todo o nosso conhecimento ou saber, mas que também não estás tão longe de nós, quanto o mais alto de nossas cabeças ou o mais baixo de nossos olhos. Oh! Grande Espírito da Mãe Terra sob nossos pés; Mestra dos metais; Germinadora das sementes e Celeiro de ocultos recursos da Terra, ajuda-nos a dar graças incessantemente pela Tua presente generosidade. Oh! Grande Espírito de nossas almas, que ardes há tempos em nossos corações e em nossas profundas aspirações, fala-nos agora e sempre de tudo que precisamos saber sobre a grandeza e bondade de Teus presentes para a vida, para sermos orgulhosos do inestimável privilégio de viver.

PODERÁ GOSTAR DE:

Textos espiritualista ,Esotéricos ...

PRECE SILENCIOSA



A oração Silenciosa é um reconhecimento de Tudo O Que É.
Nesta oração eu sei que tudo que eu evoquei foi ouvido pelo espírito e que me foi dado tudo aquilo que pedi.

É um reconhecimento de que minha alma é completa no amor e na graça de Deus.

É um reconhecimento de meu total estado de perfeição e de Ser. Tudo aquilo que desejo, tudo o que quero co-criar, já esta dentro de minha realidade.

Eu a chamo de Prece Silenciosa porque sei que meu ser já está realizado.
Não há necessidade de pedir nada ao espírito, porque tudo já lhe foi dado.

Em meu coração, eu aceito meu Ser Perfeito.
Eu aceito que a alegria que eu quis já esta em minha vida.

Eu aceito que o amor que rezei por ter já está dentro de mim.
Eu aceito que a paz que pedi já faz parte de minha realidade.

Eu aceito que a abundância que procurei já preenche minha vida.
Em minha verdade, eu aceito meu Ser Perfeito.
Eu assumo responsabilidade por minhas próprias criações,
E todas as coisas que estão dentro de minha vida.

Eu reconheço o poder do espírito que está dentro de mim, e sei que todas as coisas são como devem ser.

Em minha sabedoria, eu aceito meu Ser Perfeito.
Minhas lições foram cuidadosamente escolhidas por mim mesmo, e agora eu caminho por elas em completa experiência.

Meu caminho me leva em uma jornada sagrada com propósito divino.

Minhas experiências se tornam parte de tudo que há.

Em meu conhecimento, eu aceito meu Ser Perfeito.

Neste momento, eu me sento em minha cadeira de ouro e sei que sou um anjo de luz.

Eu olho sobre a bandeja dourada- o presente do Espírito e sei que todos os meus desejos já foram realizados em amor por mim mesmo, eu aceito meu Ser Perfeito.

Não faço julgamentos nem ponho fardos sobre mim mesmo.

Eu aceito que tudo em meu passado foi dado em amor.

Eu aceito que tudo neste momento vem do amor.
Eu aceito que tudo no meu futuro resultará sempre em amor maior.

Em meu ser, eu aceito minha perfeição.

E assim é

Arcanjo Miguel


CONSAGRAÇÃO AO ARCANJO MIGUEL

Eu me visto com a proteção do Arcanjo Miguel e desua Legião Angélica


Eu me visto com sua armadura de Luz e recordo-me,aqui e agora, que EU SOU UM SER DIVINO , Filho de Deus , e tenho ao meu dispor a fé e a fortaleza de Miguel para combater o bom combate contra ataques físicos e espirituais que procedem dos inimigos da Luz.

Eu me protejo com a Espada de Luz do Arcanjo Miguel e com ela corto todos os laços que querem me prender ao desespero, a depressão, ao desânimo , a doença , ao desemprego , ao sofrimento , a perseguições...(coloque aqui o que desejar combater).

Eu me renovo com a Luz Azul - Dourada do Arcanjo Miguel e me purifico com o poder da fé e da alegria que provém de seu amparo.

Eu, na condição de TRABALHADOR DA LUZ , me consagro hoje ao poderoso Arcanjo Miguel e com fé, confio em sua proteção e orientação espiritual todos os dias de minha vida.

Que as bençãos de Miguel e seus Anjos de Luz se derramem sobre meus caminhos e de todos os meus irmãos e irmãs que peregrinam na senda do Amor Incondicional e da Paz Divina.

Assim seja, com o Pai, o Filho e a falange do Espírito Santo. Amém!

(consagração ditada pelo Arcanjo Miguel para todos os que querem colocar-se sob sua proteção ).

Oração



A GRANDE INVOCAÇÃO

Do Ponto de Luz na Mente do Pai,
Flua Luz às Mentes dos Homens,
A Luz está na Terra.
Do Ponto de Amor no Coração do Pai,
Flua Amor aos Corações dos Homens,
Cristo está na Terra.
Do Centro onde a vontade do PAI NOSSO é conhecida,
Guie o propósito as pequenas vontades dos homens,
O propósito que os mestres conhecem e a que servem.
Do Centro a que chamamos Raça dos Homens,
Cumpra-se o Plano de AMOR e LUZ,

A LUZ, o AMOR e o PODER restabeleçam o
PLANO DO PAI NA TERRA!
A LUZ, o AMOR e o PODER restabeleçam o
PLANO DO PAI NA TERRA!
A LUZ, o AMOR e o PODER restabeleçam o
PLANO DO PAI NA TERRA!.

ORAÇÃO PELA PAZ NO MUNDO


Há Uma Paz, Um Poder, Uma Presença, que permeia e penetra em todo o Universo.
É uma Força de Deus. É a Fonte de toda a Existência.
Ela está ativa em todas as coisas.
Ela é uma Energia disponível a toda a humanidade e está presente agora, neste exato momento.

Eu compreendo agora que eu sou um pilar da Paz.
Eu sei que eu sou uno com este Poder. Esta Presença Gloriosa é o alicerce do meu ser.
Esta Energia Cósmica flui através de mim e me conecta com toda a Humanidade.

Eu escolho agora usar este imenso poder da minha mente para criar um mundo digno de todos nós.
Eu dirijo os meus pensamentos em direção à Paz, ao Amor, à Cooperação e eu posso ver todas as pessoas do mundo, unidas em uma Celebração Jubilosa da Vida.
Esta energia que eu libero, transforma este momento e toda a eternidade. As gerações que vierem, serão abençoadas com um mundo baseado na Paz.
Pois eu sei agora que a Paz começa comigo e é o legado legítimo para as Humanidades.
Um legado que eu vivo diariamente com todos os meus pensamentos, palavras e ações.

A Paz está aqui agora!
A Paz está aqui para sempre!

Eu agradeço por este momento sagrado de Paz. Eu agradeço por uma eternidade de Paz.
Eu agradeço pela minha família global que vive na Paz.
Eu agradeço pelos laços de amor que nos unem com força e coragem para criar o mundo dos nossos sonhos.

Um Mundo de Paz.

Um Mundo Amoroso.

Um Mundo Pleno de Infinitas Possibilidades.

Eu sou Uno com toda a Existência.
Eu sou Uno com a Fonte da própria Vida.
Eu sou Uno com a Presença da Paz e compartilho estas bênçãos com todo o mundo.

Eu sei que as minhas palavras são cheias de Verdade e de Poder e eu as libero à Lei Universal da Vida.
Eu sei que como eu o disse, assim será.

E assim é.

Paz. Paz. Paz.
Amém.

ORAÇÃO DIÁRIA DO GUARDIÃO DA CHAMA

ORAÇÃO DIÁRIA DO GUARDIÃO DA CHAMA

Uma chama é Ativa.
Uma Chama é Vital
Uma Chama é Eterna.

EU SOU uma Chama Divina de amor radiante
Que emana do Coração de Deus.

No Grande Sol Central
E desce do Mestre da vida!

O meu ser transborda agora com a suma Consciência Divina e a Percepção Solar dos bem-amados Hélios e Vesta.

Peregrino na Terra, avanço cada dia pelo caminho da Vitória dos Mestres Ascensos que me conduz à liberdade eterna pelo poder do fogo sagrado hoje e sempre, manifestando-se continuamente nos meus pensamentos, sentimentos e percepções, transcendendo e transmutando, todos os elementos terrenos nos meus quatro corpos inferiores e libertando-me, pelo poder do fogo sagrado,

Desses focos de energia corrompida, presentes no meu ser.

EU SOU libertado neste instante de tudo o que escraviza pelas correntes da chama divina.

Do próprio fogo sagrado, cujo efeito ascendente faz de mim Deus em Manifestação, Deus em ação, por ele guiado.

Eu Sou um só com Sua consciência!

EU Sou uma chama ativa!

EU Sou uma chama vital!

EU Sou uma chama eterna!

EU Sou uma centelha de fogo em expansão originada no Grande Sol central atraindo a mim agora todos os raios de divina energia de que necessito e que nunca pode ser qualificada pela criação humana e que me inunda da luz e da divina iluminação de mil sóis para que exerça o domínio e seja eternamente a suprema autoridade onde quer que eu esteja!

Onde eu estou, está Deus também.

Para sempre EU SOU um só com Ele intensificando a minha luz com o sorriso do seu esplendor,

A plenitude do Seu Amor a onisciência da Sua Sabedoria, e o poder da sua Vida eterna e o poder da Sua Vida eterna, que automaticamente me leva nas assas vitoriosas da ascensão, que farão regressar ao Coração de Deus do qual eu desci na verdade, para cumprir a sua Vontade e a todos manifestar a vida abundante!

ORAÇÃO PELOS ELEMENTAIS
Em nome da Minha poderosa presença do EU SOU
Vou Curar Milhões de Elementais na Terra

Amada e poderosa Presença do EU SOU, em nome do meu Santo Cristo Pessoal e pelo amor, sabedoria e poder da minha Chama Trina, invoco a ação transmutadora do fogo do meu ser, multiplicado pela Chama Violeta, multiplicada pelo fogo do Grande Sol Central e pelo Magneto do Grande Sol Central!
Invoco esta ação em prol de toda vida elemental, incluindo o meu elemental do corpo e os elementais dos corpos de todas as almas em evolução no planeta Terra.

Peço que a porção da Chama por mim invocada e tudo o que EU SOU possam agora curar milhões e milhões de elementais na Terra!
Decreto que isto aconteça em nome da minha própria Cristicidade, em nome de me tornar o Mestre Ascenso que serei e que já sou, pois a semente está encerrada dentro de si mesma e, a semente da minha poderosa Presença do EU SOU está comigo dentro do meu coração!
Portanto, dedico as porcentagens do fogo da minha corrente de vida permitidas pelos Senhores do Carma, à libertação de toda vida elemental.

Assim o declaro em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo e da Mãe Divina universal e aceito que isso se manifeste agora mesmo com pleno poder e com a benção dos Senhores do Carma.
Amém!

APELO E ORAÇÃO A SER REALIZADA NO MOMENTO DE CURA



Mestre Jesus Cristo, venho diante de vós, rogar a assistência de tuas sagradas mãos de cura e amor, para que as direcione em favor de ...(nome das pessoas as quais será direcionada a cura).

Que neste momento em suas vidas passam por debilidades em seus corpos de manifestação, nesse plano de re-educação da consciência.

Perdoai-os e curai-os. Pelos medos e escolhas que produziram as moléstias que os afligem nesse instante de suas jornadas.

Perdoai e curai todos os pensamentos desequilibrados que foram gerados em suas mentes,

Perdoai e curai todas as emoções desarmonizadas que foram geradas por seus egos,

Perdoai e curai todas as freqüências mal qualificadas que foram geradas por suas vibrações,

Perdoai e curai todas as suas ações e verbos que foram gerados pelos desequilíbrios de sua manifestação física,

E que produziram todo o mal que se materializou em seus corpos, trazendo as enfermidades e a redução de sua luz interior.

Mestre Jesus Cristo, utilizai-se de nosso amor e das pessoas que juntam-se a nós nesse momento e que entregam a frequência do amor como forma de doação e cura a esses irmãos, que sofrem de seus males nesse instante.

Que o espírito santo e as falanges dos anjos de cura desçam sobre cada uma dessas pessoas e cure e as abençõe.

Agora Mestre Jesus Cristo, que todos se encontram perdoados e curados, que as energias que os agrediam sejam direcionadas para os planos de luz de Deus Pai-Mãe, e lá, sejam requalificados na lei do Amor Uno.

Que vossas sagradas mãos toquem nas profundezas do coração da Humanidade curando-a para a glória de Nosso Senhor.

EU SOU A CURA
EU SOU O AMOR
EU SOU A CURA E O AMOR
CURANDO, CURANDO, CURANDO.

I